Segunda-feira, 7 de Fevereiro de 2011

Conversas no Divã

 

Querido Blog,

 

Pois… deves estar a pensar “olha-me este, dá de frosques e aparece agora com falinhas mansas”. Tens razão, mas o que é que queres? Primeiro, existes porque te criei. Sou teu pai, deves-me respeito. Segundo, não tens vida, não precisas de ser alimentado para viver, podes muito bem passar uma boa temporada sem a merda de uns posts. Vais continuar a ter o mesmo aspecto, nem mais magro, nem mais gordo. Estamos entendidos? Depois, não penses que és especial. Há por essa blogosfera muito lixo mas também há coisas muito, mas mesmo muito melhores do que os textos que tanto te envaideces ter. Tens que esperar que o teu dono coma muita sopa que é como quem diz, leia muito, exercite a massa cinzenta com os grandes da literatura e com as lições que uma vida bem vivida nos dá. Coitado, acho que ele não vai lá. O aumento da esperança média de vida dá-se a uma velocidade bem inferior ao seu apetite pelo ócio… Está condenado a ser um simples mortal ou, na melhor das hipóteses, reconhecido como o autor do livro “A Arte de Coçar os Tomates – Aprenda com o Mestre”. No fundo ele tem consciência do seu destino, tem uma réstia de esperança de o enganar, pequena, não te iludas, muito pequena. Talvez um dia, com o avançar da ciência, seja possível determinar à nascença aqueles que seguramente aproveitarão o privilégio de num mundo carregadinho de injustiças poderem estudar e aproveitar essa ferramenta para fazer algo de valoroso. Calma, não estou a sugerir o extermínio de pobres bebés, apenas o encaminhamento desde logo para caminhos onde não se sintam perdidas, onde não tenham dúvidas dos passos a dar. Do tipo, o que eu gosto é de beber cerveja com tremoços e é isso que vou fazer, depois de morto, o meu corpo está á vossa disposição para fins científicos ou não. Imagina um mundo onde todos os terráqueos estão ao nível de um Einstein, provavelmente sem a existência de um único desgraçado que não domine os fundamentos da teoria quântica, é provável que a maioria atribua um valor muito reduzido aos seus próprios conhecimentos. Pois é, então porque querer mais se, no fundo, isto trata-se apenas de uma questão de relatividade. Eu explico, porque é essa insatisfação que nos fez sair da idade da pedra e ter a capacidade para criar coisas como tu, um blog. Não fiques vaidoso, fica sabendo que até tu já estás ultrapassadíssimo pelo twitters, facebooks e outras novas plataformas.

publicado por Conde da Buraca às 16:20
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Sábado, 23 de Agosto de 2008

O Regresso do Ruinix – Parte 3

 

Tinha prometido a mim mesmo não desperdiçar mais tempo em visitas ao intoxicado blog do Ruinix mas é difícil resistir, o homem, tenho que reconhecer, após quase 2 anos de barbaridades continua a superar-se. Sou mesmo da opinião que deveria ser objecto de estudo por parte do Ministério da Educação de Portugal pois se prova há de que o nosso sistema de educação tem falhas graves ela chama-se Ruinix. Desta, com a sua já habitual condescendência própria dos grandes intelectuais, dá-nos uma lição de história a respeito dos atentados de 11 de Setembro de 2001 onde ficamos a saber que a autoria destes foi planeada e executada pelo próprio governo norte americano, apresentando como argumentos na caixa de comentários uns links dessa prestigiada fonte de saber que é o Youtube. Um verdadeiro artista.
publicado por Conde da Buraca às 02:02
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
|
Sábado, 2 de Fevereiro de 2008

Postas do Oriente

 
Esta última ausência teve um outro motivo que não a habitual apetência para o ócio. Na verdade, estou um pouco preocupado com o afinco que tenho dedicado nas últimas noites ao projecto que me traz novamente por cá, não é normal. O seu nome é Postas do Oriente, uma ideia que desde os tempos da reunião na Blogopédia de alguns blogs portugueses radicados na China ambicionava concretizar. Trata-se de algo mais abrangente, pois neste caso não se dedica a um único país mas a todo o continente asiático. Para além da divulgação de blogs escritos na língua portuguesa de autores que se encontram a residir em paragens orientais ou ainda daqueles cujas temáticas se centram essencialmente nesta zona do planeta, apresenta como principal funcionalidade a disponibilização de uma lista actualizada em tempo real dos links das últimas 50 actualizações dos blogs constantes da selecção do Postas do Oriente. Quem o utilizar evitará perder tempo na visita de blogs preguiçosos como este, podendo acompanhar as diferentes opiniões sobre determinados assuntos. Tem a ambição de contribuir um pouco para o debate de ideias e de chamar a atenção do mundo lusófono para com o ainda desconhecido por muitos mas cada vez mais influente continente asiático. Para o seu sucesso a contribuição de todos será fundamental, tanto na divulgação do espaço como na sugestão de novos blogs (a lista actual é composta por 18 blogs distribuidos por cinco países).  Espero que gostem.
 
Nota: Não me foi possível avisar alguns dos autores dos blogs da lista do Postas do Oriente porque nem todos disponibilizam o email e porque na China, as portas travessas que conheço, apesar de permitirem a consulta dos blogs da Blogspot, os comentários são impossíveis.
tags:
publicado por Conde da Buraca às 14:47
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|
Sábado, 1 de Dezembro de 2007

Bairro do Oriente

Foi para que se mudou o Leocardo, um dos mais consistentes e dedicados bloggers a residir nestas paragens orientais.
tags: ,
publicado por Conde da Buraca às 17:21
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Sexta-feira, 2 de Novembro de 2007

Cassete Nix

Caro Ruinix ,

 

Recentemente tive a oportunidade de constatar in loco que mantém activada no seu blog a opção de  aprovação prévia dos comentários. Apesar de não utiliza-la neste espaço sou da opinião que é uma ferramenta útil quando, por exemplo, os textos são alvo de comentários insultuosos. Dedico-lhe este post não com o propósito de divagar sobre as vantagens ou desvantagens dessa opção mas para registar neste pequeno canto da web o modo reprovável como a utiliza. Isto vem a propósito do facto de ter censurado duas tentativas de comentar a seguinte passagem de um dos seus posts :

 

“Antes da entrada da China para a Organização Mundial do Comércio os poderes sombrios, da mentira, do terrorismo de estado passavam o tempo a denegrir a imagem da China, com as mais idiotas mentiras que se mantiveram até hoje, com o mais absurdo estupefaciente a que chamam noticias dos meios de referência, que obrigam o espectador a querer sempre mais.”

 

Pedi-lhe nas duas ocasiões se poderia descrever um pouco mais as tais idiotas mentiras que se mantiveram até hoje, tendo até referido que também me encontro a viver na China e como tal teria especial interesse nessa matéria. Os dias passaram, comentários posteriores de outros leitores foram merecendo a aprovação da administração enquanto que os meus, até hoje, continuam sob profunda avaliação. O pedido que lhe coloquei era simples e não continha qualquer tipo de insulto  pelo que sou levado a concluir que o critério de avaliação na sua caixa de comentários consiste na reprovação de todos que se afastam do género “Grande artigo, ...... :D”, ou ainda “Uma análise mto interessante. Concordo plenamente com oo k escreveste. grande texto”. Estou consciente que está no seu direito  gerir o blog da forma que melhor entende mas, usufruindo também desse mesmo direito, não posso  deixar de aqui referir que a já de si muito fraca argumentação dos seus posts políticos perde qualquer credibilidade com comportamentos desse tipo. Relativamente ao post que se seguiu com o título incrível de “Para ser mais rigoroso”, em que se agarra aos tradicionais estandartes  do comunismo como a educação, cultura e justiça social, lamento decepciona-lo mas não é na China que o Comunismo os consegue erguer, tente na Coreia do Norte. Quanto à justiça social, dê um saltinho a este link e poderá consultar um relatório do Banco de Desenvolvimento Asiático de 2004 (será que o ruinix considera esta fonte fidedigna?) cujas resultados apontam que na China, apesar do rápido crescimento económico, o fosso entre ricos e pobres é cada vez maior, sendo na data do estudo apenas superado pelo Brasil e pelo Nepal. Mais refere o Relatório que mantendo-se a tendência de então é muito provável que actualmente o nível de desigualdade seja equiparável ao do Brasil, a isto chama-se justiça social. Não lhe vou dizer o que alguns colegas chineses, ao fim de um ano de lenta construção de amizade, me relataram sobre o actual sistema de educação ou de saúde, provavelmente o ruinix não acreditaria. Mas fica o convite para quando tiver oportunidade de visitar a cidade que não tem olhado a custos na preparação dos próximos Jogos Olímpicos, terei todo o prazer em levá-lo a conhecer o que é perceptível com os próprios olhos. Como por exemplo, as condições degradantes dos hospitais públicos ou ainda as residências universitárias (mesmo em algumas das Universidades mais conceituadas) sem casas de banho dotadas de chuveiros (os alunos tem que atravessar a rua para ir tomar banho a uma espécie de balneário público) e cujos  quartos com capacidade máxima para dois alunos  albergam oito.  Para terminar gostaria só de lhe perguntar em que escolas de Portugal fez a sua formação,  queria reduzir ao máximo as probabilidades de um dia os meus filhos virem a pensar e a comportarem-se como o senhor. Obrigado.

 

tags: ,
publicado por Conde da Buraca às 18:36
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|
Segunda-feira, 24 de Setembro de 2007

Perdoa-me MACA(U)quices que eu pequei

Como já referi no último post, finalmente abriram-se as portas do mundo blogspot, tendo-me dedicado desde então a visitar poisos há meses inacessíveis. Numa dessas viagens constato que o  Peneirar já não figura da lista de blogs do MACA(U)quices. Como sabem a lista em questão está para os blogs como o Guia da Michelin está para os restaurantes,  ou seja, é uma espécie de reconhecimento internacional que obedece a critérios de qualidade extremamente rigorosos.  Perder esse reconhecimento entristece-me um pouco mas tenho consciência que a competição por tal honra é cada vez mais intensa e como tal, difícil de manter. Sinto-me um pouco como os atletas olímpicos que regressam a casa sem medalhas mas com a satisfação de um dia terem participado na maior competição desportiva do planeta. No fundo, suspeito que a decisão terá sido motivada por um acto algo insensato que cometi em tempos idos e que o MACA(U)quices teve a amabilidade de náo tornar público. Agradeço a discrição mas, assim um pouco como numa sessão de alcoólicos anónimos em que os intervenientes falam dos seus problemas para melhor os ultrapassar, sinto-me na obrigação de também aqui o dar a conhecer. Tudo começou quando comprei uma máquina do tempo e comecei a consultar posts do futuro. Um belo dia deparei-me com este interessante texto do MACA(U)quices, tendo-me de imediato decidido a retocá-lo e a publicá-lo no Peneirar com um mês de antecedência. Penso que qualquer inconveniente poderia ter sido evitado se, na altura,  tivesse referido a futura fonte mas, seguro da impossibilidade de vir a ser descoberto, não o fiz. Felizmente tal cenário de impunidade não se verificou e aprendi uma lição. Fica aqui a confissão que não repara o mal feito mas alivia um pouco esta pobre e atormentada alma.

tags:
publicado por Conde da Buraca às 08:23
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Domingo, 23 de Setembro de 2007

Fez-se luz

Cansado de dar com as portas dos blogs blogspot encerradas, lá me resolvi a pesquisar no Google ferramentas que permitam aceder a websites censurados. A tarefa, tendo em conta que se trata do Grande Firewall Chinês, revelou-se surpreendentemente fácil, lamentando apenas só agora o ter feito. A internet, por mais que milhares de sabujos a farejem, é um monstro de dimensões impossíveis de controlar.  Mais eficaz do que qualquer tipo de censura tem sido outro muro, a discrepância entre o Mandarim e a maioria das restantes linguagens mundiais, esse sim é o maior obstáculo ao acesso à informação.  Deixo aqui duas diferentes opções que possibilitam surfar pela net sem deixar rastos (ainda ninguém me bateu à porta) e aceder a qualquer website censurado. A primeira, de seu nome Anonymouse é a mais simples das duas, basta, no respectivo website, introduzir o link que deseja consultar. A segunda, XeroBank Browser,  é notável pois trata-se de um novo browser que é activado apenas quando o desejar. Neste caso, por exemplo, através dele pode aceder ao google e, como o faz todos os dias, chegar a qualquer website, simples. Agora, se me dão licença, vou tirar a barriga de misérias.

tags: ,
publicado por Conde da Buraca às 09:30
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 5 de Junho de 2007

He is alive

Parece  que o homem conseguiu sobreviver ao lançamento do seu blog em livro (experiência que já vitimou uns tantos), lá arranjou tempo, motivação, não sei... o que sei é que regressou em grande forma... João Pedro Costa no Aspirina B, a não perder.

tags:
publicado por Conde da Buraca às 10:29
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 19 de Maio de 2007

Brinquedo Novo para Bloggers

O quadradinho laranja, aquele no fundo da coluna dos links, com as letras RSS  é uma grande invenção (ao mesmo nível dos jaquinzinhos com arroz de tomate), estou maravilhado !!! Talvez para muitos as suas potencialidades não são desconhecidas mas desconfio  que a maioria dos bloggers continua sem saber como as utilizar. O Google dispõe de uma ferramenta chamada Google Reader de tão fácil utilização que até um tanso como eu nos domínios informáticos a consegue dominar em três tempos. Muito simples, basta criar uma conta e  inserir os links referentes aos rss´s, xml´s ou atom´s dos blogs de estimação. Depois, naquele horário que costuma dedicar à ronda blogosférica, utilize o Google Reader e ficará a saber quais são as novidades do dia, evitando-se desta forma a visita a blogs preguiçosos, cof, cof, cof... Só não é perfeito  porque ainda há uma fatia considerável de blogs que, apesar da sua plataforma disponibilizar este tipo de serviço, por desconhecimento ou por opção, continuam a não dar a conhecer o respectivo RSS. Outra coisa muito boa do Google Reader, especialmente para mim que posto num dos países que lidera esta simpática lista, é permitir aceder às novidades quando do modo normal, por vezes, é impossível. A imagem de cima é um recorte de uma das várias vistas possíveis, muito bom.

tags:
publicado por Conde da Buraca às 17:58
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 29 de Março de 2007

O Grande Firewall Chinês – Update

Pois é, essa outra grande muralha continua em obras, desta feita, o bárbaro Blogspot, após uns breves dias de castigo, foi ontem novamente contemplado com o privilégio de poder aceder ao farol da humanidade que é a China. Provavelmente, alguém, movido por uma inveja incontrolável, terá utilizado o Blogspot para publicar conteúdos nada abonatórios a respeito das políticas deste país. Assim, depois de uma estadia com o grupo de intriguistas que inclui nas suas fileiras nomes sonantes como a Wikipédia, o LiveJournal ou ainda o Worldpress, é expectável que este regresso na condição de liberdade condicional, não seja desperdiçado. Ao nível da blogosfera, a interdição do Blogspot é uma medida significativa, para se ter uma ideia, no meu caso, deixei de ter acesso a mais de 90% dos blogs que frequentava. Tenho que confessar que este voltar atrás desilude-me, dificulta imenso a elaboração do Index Blogueiro a que me tenho dedicado e que conto entregar às autoridades ainda no decorrer de 2007. Nessa lista, não constam os posts de André Azevedo Alves que, apesar da sua posição assumidamente anticomunista e de ser o mais forte candidato à vitória do Blogger de 2007 que mais fotografias de António Oliveira Salazar afixou, é visto por estas paragens como um comediante de grande valor, tendo a sua ausência na recente comitiva portuguesa sido apontada como o motivo pelo qual Hu Jintao não terá recebido José Sócrates. Resta-me endereçar os parabéns ao senhorio desta casa, o Sapo, que mais uma vez conseguiu manter a bandeira azul que é o selo de qualidade atribuído pela República Popular da China.


Adenda a 01/04/2007 (sempre sonhei fazer isto): afinal a liberdade condicional do Blogspot foi de curta duração.

Adenda a 03/04/2007 : Blogspot acciona uma forte cunha e está de volta.

Adenda a 07/04/2007 : Nova reviravolta e acabaram-se as adendas.

tags: , ,
publicado por Conde da Buraca às 16:37
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 13 de Fevereiro de 2007

China #4 – Blogs Tugas Made in China

Pesquisado no Google, santificado seja, deparei-me com outros blogs de portugueses a residir na China. Achei que teria a sua piada reunir a malta num só espaço, uma forma de se conhecerem uns aos outros e também de se darem a conhecer. A primeira versão é esta, alojada nessa fabulosa e muito subaproveitada ferramenta que é a Blogopédia. Com excepção de um deles, provavelmente em estado de hibernação, todos têm mantido regularmente as respectivas casas com postas dedicadas ao dragão asiático. Agora vão, aquilo está tão fresco que até os próprios listados desconhecem a existência de tal poiso.

tags: ,
publicado por Conde da Buraca às 16:24
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sexta-feira, 9 de Fevereiro de 2007

Coisas Boas da Blogosfera

O autor do Combustões, Miguel Castelo Branco, em mais uma demonstração de saber estar, convida os seus leitores a aqui passar, aliciando-os para tal com umas palavras elogiosas a respeito do post anterior. Influenciado pela minha educação cristã sinto a necessidade de referir que essas palavras são algo exageradas mas resisto e não o faço. Ainda afugentava a leva de gente que por cá tem passado e o texto em causa até não está mal esgalhado para não merecer uma leitura. Além do mais o Carriço, o mais fiel comentador desta casa, há muito que merece outra companhia que não a minha (tás a ver pá, no momento de glória não me esqueci de ti). Resta-me então agradecer ao Combustões, garantir que os novos visitantes serão bem recebidos e que, apesar de os meus afazeres ainda não o terem permitido, os dedicados comentários, entretanto já recebidos, receberão brevemente a respectiva resposta.
publicado por Conde da Buraca às 15:33
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Domingo, 17 de Dezembro de 2006

China #1 - E o Autor Volta a Confessar-se

(Fotografia do belíssimo Picture China)
 
Sabendo eu que a minha pessoa se encontra a viver em Beijing, logo ali vi uma oportunidade para enriquecer o conteúdo do blog, a reacção do convidado foi positiva, tendo este se disponibilizado de imediato a, com alguma regularidade, aqui passar e deixar uns relatos do que os seus olhos vão observando. Passemos então às palavras de quem de direito, Senhores e Senhoras, temos o prazer de vos apresentar, from China, Beijing, Conde da Buraca:
 
“Olá a todos, desde já uma palavra de agradecimento ao Conde pelo convite que tanto me honra, conheço-o desde que nasci e com ele tenho compartilhado todos os momentos da sua existência, não podia dizer que não. És o Maior, pá !!! Não sei se será possível resistir à tentação mas tentarei evitar comentários aprofundados de teor político, pretendo sim explorar outras temáticas como por exemplo a batalha entre a globalização e uma cultura milenar tão distinta como o é a chinesa. Ou ainda focar aquilo que aos olhos dos ocidentais não é nada comum, por vezes “bizarro”, nos comportamentos dos habitantes deste enorme canto do planeta. Depois o sangue azul que me corre nas veias obriga a que a história e as estórias também digam presente, ideias não faltam, vamos lá a ver é se tenho dedos para elas.”
 
Conde da Buraca
publicado por Conde da Buraca às 03:32
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2006

Os Números estão na Moda

A guerra pela posição nas listas de blogs já tem barbas, no inicio a técnica era escolher um nome que começasse com a letra A, além de se ficar no topo da lista e por consequente mais visível, aumentavam também as hipóteses de uma pequena parte dos muitos leitores do Abrupto, por engano, clicarem no link do seu blog. O abuso desta técnica chegou ao ponto de aqueles cujo título da sua preferência estava destinado aos confins das listas, resolvessem o problema introduzindo os artigos definidos “A” ou “As”. Hoje emerge um novo fenómeno, os títulos com números. Não é de agora mas é nestes últimos meses que ganha um fôlego importante, primeiro com esta malta e depois com esta. Não se tratam de bloggers em início de carreira, mas sim de consagrados, cujos nomes por si só são suficientes para atrair muitos visitantes. Será então coincidência ou as duas grandes novidades da Blogosfera Nacional, apesar do estatuto dos seus autores, não abdicaram de recorrer a este recurso para garantir um lugar na pole position. Se assim foi, qual o mal que vem ao mundo? Nenhum, mas dá um certo gozo constatá-lo. Aliás, esperançado que o fenómeno alastre já tratei de registar a autoria do título “- Infinito “, quem sabe ainda venho a ganhar umas boas massas.
publicado por Conde da Buraca às 17:41
link do post | comentar | favorito
|

O Autor Confessa-se

Uma pequena revelação, não sou um programa informático.
publicado por Conde da Buraca às 06:33
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 8 de Dezembro de 2006

Arranque

Este espaço tem como único objectivo testar aquela velha máxima de que não há duas pessoas iguais. O processo é muito simples, assemelha-se a um ensaio de peneiração. Para quem não o conhece, consiste na passagem de uma amostra de solo por uma pilha de peneiros colocada sobre um aparelho que a agita. Como a densidade da malha dos peneiros vai aumentando desde o de topo até o de baixo, no fim do ensaio é possível caracterizar o solo granulométricamente. No caso concreto desta coisa que dizem ser um blog (ou blogue, não sei e tb não interessa) os peneiros serão os posts e os grãos serão os excelentíssimos comentadores. Já perceberam? Eu explico melhor, vocês serão as cobaias de uma experiência inovadora. Aquele que atingir o peneiro de baixo será aquele que contrariará a tal máxima referida no início desta introdução. Ou seja, esse infeliz animal constatará que é igual aqui ao je. Depois, é claro, terei que o assassinar (espero que este pequeno pormenor não vos iniba de participar), o mundo não gosta que se contrarie as leis seculares. Prevê-se que será uma longa maratona mas uma vez que a esperança média de vida tem vindo a aumentar o autor está confiante. Pronto já está, sejam muito bem vindos !!! AH AH AH AH AH AH AH !!! que começo mais infeliz … E nem sequer é verdade, o nome do blog foi escolhido abrindo uma página do dicionário ao acaso. Consegui, disse-o, hummmm, que sensação maravilhosa, ouviram bem? Não há qualquer conteúdo semântico na palavra Peneirar !!! É apenas um título oco, vazio, nada mais…
publicado por Conde da Buraca às 15:52
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
clique no imagem para enviar e-mail peneirar@gmail.com


Clique aqui e aceda ao Peneirar pelo tapete vermelho

.pesquisar

 

.links

.posts recentes

. Conversas no Divã

. O Regresso do Ruinix – Pa...

. Postas do Oriente

. Bairro do Oriente

. Cassete Nix

. Perdoa-me MACA(U)quices q...

. Fez-se luz

. He is alive

. Brinquedo Novo para Blogg...

. O Grande Firewall Chinês ...

.arquivos

. Novembro 2015

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Novembro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds